Ordem de Culto

Prelúdio

Chamada de adoração

Salmo 92

1Bom é render graças ao Senhor e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo, 2anunciar de manhã a tua misericórdia e, durante as noites, a tua fidelidade, 3com instrumentos de dez cordas, com saltério e com a solenidade da harpa. 4Pois me alegraste, Senhor, com os teus feitos; exultarei nas obras das tuas mãos. 5Quão grandes, Senhor, são as tuas obras! Os teus pensamentos, que profundos! 6O inepto não compreende, e o estulto não percebe isto: 7ainda que os ímpios brotam como a erva, e florescem todos os que praticam a iniquidade, nada obstante, serão destruídos para sempre; 8tu, porém, Senhor, és o Altíssimo eternamente. 9Eis que os teus inimigos, Senhor, eis que os teus inimigos perecerão; serão dispersos todos os que praticam a iniquidade. 10Porém tu exaltas o meu poder como o do boi selvagem; derramas sobre mim o óleo fresco. 11Os meus olhos veem com alegria os inimigos que me espreitam, e os meus ouvidos se satisfazem em ouvir dos malfeitores que contra mim se levantam. 12O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro no Líbano. 13Plantados na Casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus. 14Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seiva e de verdor, 15para anunciar que o Senhor é reto. Ele é a minha rocha, e nele não há injustiça.

Oração invocatória

HINO

Quão grande é o meu Deus

Com esplendor de um rei
Em majestade e luz
Faz a terra se alegrar, faz a terra se alegrar
Ele é a própria luz
E as trevas vão fugir
Tremer com a sua voz, tremer com a sua voz

Quão grande é o meu Deus
Eu cantarei, quão grande é o meu Deus
E todos hão de ver
Quão grande é o meu Deus

Por gerações Ele é
O tempo está em suas mãos
O começo e o fim, o começo e o fim
Deus triúno Ele é
Filho, Espírito e Pai
Cordeiro e Leão, Cordeiro e Leão

Sobre todo o nome é o seu
Ele é digno de louvor
Eu cantarei:
Quão grande é o meu Deus

HINO

Nome bom, doce a fé

Leva tu contigo o nome
De Jesus o Salvador
Este nome dá consolo
Seja no lugar que for

Nome bom doce a fé
A esperança do porvir
Nome bom doce a fé
A esperança do porvir

Este nome leva sempre
Para bem te defender
Ele é arma ao teu alcance
Quando o mal te aparecer

Oh! Que nome tão precioso
Gozo traz ao coração
Sendo por Jesus aceite
Tu terás o seu perdão

Nome santo e venerável!
É Jesus o Amado teu
Rei dos reis Senhor Eterno
Tu o aclamarás no céu.

Leitura

Colossenses 1:3-8

3Damos sempre graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vós, 4desde que ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que tendes para com todos os santos; 5por causa da esperança que vos está preservada nos céus, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do evangelho, 6que chegou até vós; como também, em todo o mundo, está produzindo fruto e crescendo, tal acontece entre vós, desde o dia em que ouvistes e entendestes a graça de Deus na verdade; 7segundo fostes instruídos por Epafras, nosso amado conservo e, quanto a vós outros, fiel ministro de Cristo, 8o qual também nos relatou do vosso amor no Espírito.

Oração congregacional

(Adaptada do The Valley of Vision)

Nosso Deus e Senhor, cativa as nossas mentes com a grandeza das tuas perfeições. O teu amor por nós em Jesus é firme e imutável, nada nos pode separar dele, e na sua fruição nada nos pode fazer miseráveis.

Preserva-nos da hipocrisia e da formalidade na religião; capacita-nos a lembrar quem tu és e quem nós somos, a recordar a tua santidade e a nossa indignidade.

Ajuda-nos a aproximarmo-nos de ti revestidos de humildade, pois vaidade, presunção, insensibilidade, afeições desordenadas, relutância ao dever e inclinação ao mal estão nos nossos corações.

Que nunca nos esqueçamos da tua paciência, sabedoria, poder, fidelidade e cuidado, e que nunca deixemos de responder ao nosso chamado de vivermos de maneira digna do evangelho.

Dedicação de dízimos e ofertas

HINO

Tudo entregarei

Tudo ó Cristo a ti entrego, 
Tudo sim a ti darei,
Resoluto mas submisso,
Sempre sempre seguirei.

Tudo entregarei
Tudo entregarei
Sim por ti Jesus bendito
Tudo deixarei

Tudo ó Cristo a ti entrego,
Corpo e alma eis aqui,
Este mundo mau renego,
Ó Jesus me aceita a mim!

Tudo ó Cristo a ti entrego,
Quero ser somente teu,
Tão submisso à tua vontade,
Como os anjos lá no céu.

Tudo ó Cristo a ti entrego,
Oh eu sinto o teu amor
Transformar a minha vida
E meu coração, Senhor.

Tudo ó Cristo a ti entrego,
Oh que gozo, meu Senhor,
Paz perfeita, paz completa,
Glória, glória ao Salvado

Leitura

II Coríntios 5:1-10

1Sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos da parte de Deus um edifício, casa não feita por mãos, eterna, nos céus. 2E, por isso, neste tabernáculo, gememos, aspirando por sermos revestidos da nossa habitação celestial; 3se, todavia, formos encontrados vestidos e não nus. 4Pois, na verdade, os que estamos neste tabernáculo gememos angustiados, não por querermos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida. 5Ora, foi o próprio Deus quem nos preparou para isto, outorgando-nos o penhor do Espírito. 6Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto no corpo, estamos ausentes do Senhor; 7visto que andamos por fé e não pelo que vemos. 8Entretanto, estamos em plena confiança, preferindo deixar o corpo e habitar com o Senhor. 9É por isso que também nos esforçamos, quer presentes, quer ausentes, para lhe sermos agradáveis. 10Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo.

Oração intercessória pastoral

HINO

Crer e observar

Em Jesus confiar, sua lei observar;
Oh que gozo que bênção que paz!
Satisfeitos guardar, tudo quanto ordenar,
Alegria perene nos traz.

Crer e observar,
Tudo quanto ordenar
O fiel obedece,
Ao que Cristo mandar

O inimigo falaz, e a calúnia mordaz;
Cristo pode desprestigiar!
Nem tristeza nem dor, nem a intriga maior,
Poderão ao fiel abalar.

Que delícia de amor, comunhão com o Senhor;
Tem o crente zeloso e leal!
O seu rosto mirar, seus segredos privar;
Seu consolo constante e real.

Resolutos Senhor, e com fé zelo e ardor;
Os teus passos queremos seguir!
Teus preceitos guardar, o teu nome exaltar;
Sempre a tua vontade cumprir

Pregação expositiva

Pastor DIEGO LOPES

Benção apostólica