Ordem de Culto

Boas vindas e anúncios

Chamada de adoração

Psalm 8

1Ó Senhor, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! Pois expuseste nos céus a tua majestade. 2Da boca de pequeninos e crianças de peito suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres emudecer o inimigo e o vingador. 3Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, e a lua e as estrelas que estabeleceste, 4que é o homem, que dele te lembres? E o filho do homem, que o visites? 5Fizeste-o, no entanto, por um pouco, menor do que Deus e de glória e de honra o coroaste. 6Deste-lhe domínio sobre as obras da tua mão e sob seus pés tudo lhe puseste: 7ovelhas e bois, todos, e também os animais do campo; 8as aves do céu, e os peixes do mar, e tudo o que percorre as sendas dos mares. 9Ó Senhor, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome!

Oração invocatória

HINO

Não mais eu mas Cristo em mim

Que dom de Deus, Jesus meu redentor
Não há, do céu, maior prova de amor
Nele a justiça do Pai se satisfaz
Amor sem fim, profunda e imensa paz

Eu cantarei: espero só em Cristo
O que sou está preso ao que ele é
Oh, que estranho e divino, oh, que belo destino:
Não mais eu, mas Cristo em mim

A noite é escura, mas não estou mais sozinho
Pois junto a mim, Jesus caminhará
E lutarei, na força e na fraqueza
Com o meu clamor seu poder brilhará

Eu cantarei: é bom o meu Pastor!
Quando eu clamar não falhzará
A noite clareou, Jesus ressuscitou!
Não mais eu, mas Cristo em mim

Não temo mais, já tenho o seu perdão
Certo o céu, o preço pago foi
Seu próprio sangue, verteu para me expiar
E ressurgiu, para a morte sepultar

Eu cantarei: a culpa foi vencida!
Jesus é para sempre o meu clamor
A corrente quebrou, cantarei: livre estou!
Não mais eu, mas Cristo em mim

A cada passo, irei seguir Jesus
Pois prometeu, a casa me levar
A cada dia me santificará
Até no trono, alegre, o contemplar!

Eu cantarei: espero só em Cristo
A sua glória sempre irei louvar
Quando Deus me chamar, ainda assim vou cantar:
Não mais eu, mas Cristo em mim

HINO

A Deus demos glória

A Deus demos glória, com grande fervor;
Seu Filho bendito por nós todos deu;
A graça concede ao mais vil pecador,
Abrindo-lhe a porta de entrada no céu.

Exultai! Exultai! Vinde todos louvar
A Jesus, Salvador, a Jesus, Redentor;
A Deus demos glória, porquanto do céu
Seu Filho bendito por nós todos deu.

Oh! Graça real, foi assim que Jesus,
Morrendo, seu sangue por nós derramou!
Herança nos céus, com os santos em luz,
Comprou-nos Jesus, pois o preço pagou.

A crer nos convida tal rasgo de amor,
Nos merecimentos do Filho de Deus;
E quem, pois, confia no seu Salvador,
Vai vê-Lo sentado na glória dos céus.

Leitura

I John 4:13-21

13Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele, em nós: em que nos deu do seu Espírito. 14E nós temos visto e testemunhamos que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. 15Aquele que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele, em Deus. 16E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele. 17Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo. 18No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor. 19Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20Se alguém disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21Ora, temos, da parte dele, este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

Oração congregacional

(Oração baseada no Salmo 127)

Senhor, nós sabemos que se Tu não edificares a casa, em vão trabalham os edificadores; se não guardares a cidade, em vão vigia a sentinela. Por isso, ó Deus, clamamos para que guardes e edifiques as nossas famílias, fortaleças os nossos casamentos, salves os nossos filhos, pois são herança do Senhor.

Dá-nos o pão nosso de cada dia, segundo a bondade da tua provisão, pois Tu provês mesmo enquanto descansamos em sono tranquilo.

Senhor, abençoa toda a nossa família cristã, especialmente a Igreja Baptista da Margem Sul, para que seja edificada por Ti.

Oramos em nome de Jesus, Amén.

Dedicação de dízimos e ofertas

HINO

Maravilhas divinas

Ao Deus de amor e de imensa bondade,
Com voz de júbilo vinde e aclamai;
Com coração transbordante de graças,
Seu grande amor, todos vinde e louvai.

No céu na terra, que maravilhas,
Vai operando o poder do Senhor!
Mas seu amor aos homens perdidos,
Das maravilhas é sempre a maior.

Já nossos pais nos contaram a glória de Deus,
Falando com muito prazer,
Que nas tristezas, nos grandes perigos,
Ele os salvou por seu grande poder.

Hoje também nós bem alto cantamos
Que as orações ele nos atendeu;
Seu forte braço, que é tão compassivo,
Em nosso auxílio ele sempre estendeu.

Como até hoje e daqui para sempre
Ele será nosso eterno poder,
Nosso castelo bem forte e seguro,
E nossa fonte de excelso prazer

Leitura

John 17:11-19

11Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós. 12Quando eu estava com eles, guardava-os no teu nome, que me deste, e protegi-os, e nenhum deles se perdeu, exceto o filho da perdição, para que se cumprisse a Escritura. 13Mas, agora, vou para junto de ti e isto falo no mundo para que eles tenham o meu gozo cojjmpleto em si mesmos. 14Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou. 15Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. 16Eles não são do mundo, como também eu não sou. 17Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. 18Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo. 19E a favor deles eu me santifico a mim mesmo, para que eles também sejam santificados na verdade.

Oração intercessória pastoral

HINO

Vencendo vem Jesus

Já refulge a glória eterna de Jesus o rei dos reis, 
Breve os reinos deste mundo seguirão as suas leis.
Os sinais da sua vinda mais se mostram cada vez,
Vencendo vem Jesus!

Glória, glória aleluia,
Glória, glória aleluia,
Glória, glória aleluia,
Vencendo vem Jesus!

O clarim que chama os crentes à batalha já soou,
Cristo à frente do seu povo multidões já conquistou.
O inimigo em retirada seu furor patenteou,
Vencendo vem Jesus!

Eis que em glória refulgente, sobre as nuvens descerá,
E as nações e os reis da terra com poder governará.
Sim em paz e santidade toda a terra regerá,
Vencendo vem Jesus!

E por fim entronizado as nações há de julgar,
Todos grandes e pequenos o Juiz hão de encarar.
E os remidos triunfantes em fulgor hão de cantar:
Vencido tem Jesus

Pregação expositiva

Pastor Diego Lopes

Benção apostólica